Confissões de Adolescente | O Que Achei

Sinopse : Paulo (Cássio Gabus Mendes) está passando por dificuldades financeiras para sustentar as quatro filhas, Tina (Sophia Abrahão), Bianca (Bella Camero), Alice (Malu Rodrigues) e Karina (Clara Tiezzi), depois que anunciaram um novo aumento no aluguel. Quando ele avisa que eles precisam se mudar do apartamento onde vivem, na Barra da Tijuca (Zona Oeste do Rio), elas se comprometem em ajudar de alguma forma, começando a cortar despesas bobas e ajudando nas tarefas domésticas. Mas enquanto precisam lidar com essa novidade, o quarteto tem ainda outras experiências típicas, relacionadas a idade de cada um delas.


Confissões de Adolescente foi uma série de grande sucesso nos anos 90 escrito por Maria Mariana,confissões  que começou sua carreira no teatro há cerca de 20 anos, depois chegou à TV e só agora ao cinema. E prova que, mesmo com o passar do tempo, sentimentos e sensações são os mesmos, independente das gerações terem evoluído, afinal as únicas diferenças da juventude dos anos 90 para a da atualidade são as tecnologias, mas os problemas sempre será os mesmos. Ainda que mire uma nova geração e renove a história com elementos atuais como smartphones e redes sociais, Confissões de Adolescente – O filme carrega o mesmo DNA das outras versões da saga criada pela filha do cineasta Domingos de Oliveira, com foco nos tradicionais dramas adolescentes. Com Virgindade, gravidez, problemas financeiros, entre outros, são temas do filme.

Eu imaginei que seria Compreensivelmente, que “Confissões de Adolescente” não deve despertar muito interesse fora da faixa de idade retratada no filme. Embora enquanto eu assistia ao longo vi muitas pessoas que vem da mesma geração do seriado que talvez assistam ao filme para relembrar a histórias daquelas irmãs que estão passando da adolescência para a fase adulta, sem mencionar que todas as atrizes da versão original tem a sua pontinha no longa. Com roteiro assinado por Matheus Souza, responsável pela montagem da peça em 2009, e direção de Daniel Filho – que também foi o responsável pela série.

O filme consegue lidar com o universo adolescente sem pieguices e pudores desnecessários. Poucos assuntos foram deixados de fora, o longa deve momentos engraçados deixando o clima na sala de cinema bastante agradável.




O único ponto negativo e que a  nova versão de Confissões de Adolescente  perde a oportunidade de retratar devidamente a nova geração ao transformar tecnologia em mero adorno e fugir de tópicos mais relevantes e menos explorados. Teria sido melhor investir em uma nova versão para a TV, sem condensar tantas confissões em apenas 100 minutos. Ainda sim eu poderia classificar com regular a história e as atuações do filme, poucas se destacam neste quesito, não sou uma grande Fã da Sophia Abrahão, cujo personagem na novela Teen Rebelde era lastimaste e totalmente irritante, mas me surpreendi com ela neste filme, acho que a Sophia tem potencial que era mal aproveitado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário