[Resenha] Eu sou Alice - Melanie Benjamin

Eu sou Alice é um livro fictício mostrando a vida da menina que inspirou o autor Lewis Carrol a escrever 'Alice no País das Maravilhas'


Eu sou Alice - Melanie Benjamin, Resenha, Uma Garota Chamada Sam
Sinopse: Todos conhecem a pequena Alice que um dia caiu na toca de um coelho e entrou no mundo das maravilhas. Mas quem foi Alice Liddell, a menina que aos 7 anos inspirou Lewis Carroll a criar a história que encanta gerações até hoje? Misturando realidade e ficção, Eu sou Alice conta como surgiu um dos maiores clássicos da literatura e a lenda por trás da personagem principal. Uma história que vai tocar o coração de todos com sua beleza. Entre neste País das Maravilhas.


Resenha: Quem nunca ouviu falar na história de “Alice no País das Maravilhas”,quando eu era criança todas as meninas adoravam essa história que se tornou uma clássico da literatura infantil. Mas quem inspirou Lewis Carroll?Será que esta história nasceu da mente de Carroll sem uma inspiração?No livro Eu sou Alice conta a verdadeira história de Alice Linddell, tudo contado do ponto de vista da própria protagonista da história fantástica, incluindo imagens reais da jovem Alice.

O livro tem uma narrativa rápida e envolvente, a autora nos faz ver de perto todos os principais acontecimentos da vida de Alice que ainda menina, conhece Charles Dodgson (professor de matemática, que se utilizava do pseudônimo de Lewis Carroll). Um fato estranho que é narrado no livro e o fato de um professor de universidade que gostava de passar suas horas vagas tirando fotos de crianças? O que para a época era considerado um patrão estranho. O que me fez desconfiar de certas atitudes por parte de Charles Dodgson, com Alice.

Nas tardes Dodgson além de tirar fotos das meninas, ele contava histórias, e numa dessas tardes que contou que uma menina chamada Alice caia em uma toca de um coelho e assim, encontrava um mundo mágico e surreal. A partir desse momento, a pequena Alice insistiu ao professor que escrevesse e publicasse sua história.

Este livro me perturbou um pouco, por que aos 11 anos, a família de Alice rompeu sua amizade com Dodgson, devido a uns incidentes, que e relatado no livro. Mas a autora deixa claro que mesclou fatos reais com um toque de ficção, e acho que não consegui impor barreiras entre o real e o não real e acabei, acreditando em tudo o que estava escrito. Pois Melanie Benjamin, com este livro, nos levou a um encontro com a realidade dura e triste desta que inspirou um clássico, Afinal Alice Liddell não ficaria com 7 anos para sempre, ela envelheceu, e duramente, sempre a sombra de ter que ser com a Alice descrita no livro de Carroll. Outro aspecto da história e que pouco se sabe sobre o relacionamento de Lewis com Alice, porque a maioria das cartas trocadas por ambos foram queimadas pela família de Alice, alguns dizem que Lewis mantinha uma paixão platônica pela menina, outros que não. Este livro e mais que uma biografia, pois possui uma história comovente, e acima de tudo interessante. Eu recomendo!!

Porque mesmo envolvente alguns aspectos fictícios Melanie também se baseou nos fatos reais da vida de Alice, no final do livro ela colocou este trecho esclarecendo isto:

 “É preciso lembrar que este é um livro de ficção e não uma biografia. Não alterei os fatos conhecidos da vida de Alice…”.




Nenhum comentário:

Postar um comentário