Dica de Filme: Rindo a Toa

Rindo á Toa e aquele filme único que mostra a relação de Mãe e filha de um jeito maravilhoso.


Sinopse:  Lola (Christa Teret) tem 15 anos e está prestes a iniciar o ano letivo escolar, onde reencontrará os amigos. Quando termina o namoro com Arthur (Félix Moati) ela encontra consolo junto a Maël(Jérémy Kapone), seu melhor amigo e também do ex-namorado. Anne (Sophie Marceau), a mãe de Lola e de outros dois filhos, está separada do pai deles, apesar de que ambos continuam se encontrando às escondidas. Superprotetora, ela tenta se aproximar da filha, que cada vez está mais voltada para as amizades e as novidades da adolescência. Até que, um dia, encontra por acaso o diário de Lola. Anne resolve lê-lo e fica abismada com os relatos da filha sobre sexo e drogas. Paralelamente, Anne começa a se envolver com um policial, que conheceu por acaso quando seu carro foi rebocado.

Rindo á Toa foi um daqueles filmes que me marcou, e que me fez admirar o cinema francês ainda mais, afinal vivemos em uma era de tecnologia e redes sociais e este filme retrata bem este lado da vida adolescente. Embora o foco principal deste filme seja a relação de mãe e filha entre Lola e a sua mãe que vivem conflitos e desentendimentos, me identifiquei com este filme justamente por trazer esta realidade que muitos jovem vivem em sua relação em casa.

O filme também recebeu uma versão americana com a atriz/cantora Miley Cyrus no papel de Lola e Demi Moore com Anne mãe de Lola. Confesso que prefiro mil vezes a versão original, então se você já assistiu a versão com a Miley, assistam a francesa que vocês amar.

LOL é um filme adolescente, mas que te surpreende por aborta temas com as experiências amorosas, drogas, primeira vez e conflitos familiares. Dilema que durante a fase adolescente é bem típica. Então se você procura uma boa dica de filme eu mega recomendo,  e vai por mim você vai adorar, se identificar e se apaixonar por esse ótimo filme francês.


Bom filme para vocês. Depois deixem nos comentários o que acharam. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário