O Silêncio de Melinda | Crítica

O Silêncio de Melinda é uma dos filmes mais maravilhosos que já assisti. Leia o post abaixo e descubra o porque.



Sinopse: Melinda Sordino (Kristen Stewart) entra no ensino médio confusa, deprimida e solitária. Por ter acionado a polícia durante uma festa, ela é rejeitada pelos colegas. O que eles não sabem é que ela foi estuprada na ocasião. O trauma complica seu relacionamento com os pais e ela encontra apoio no professor de artes (Steve Zahn), enquanto tenta seguir adiante.

O Silêncio de Melinda e baseado em um Best-Seller da autora Laurie Halse Anderson publicado em 1999, que ganhou esta adaptação para o cinema em 2004. A história do filme começa com uma cena emblemática, onde  Melinda no quarto marca a sua boca, desenhando grades nela, a mãe entra no quarto, mas prefere ignorar a imagem que vêm dizendo “Eu não quero saber”. Depois do aconteceu, ela quase não fala, não dialoga com os pais e sofre uma série de agressões psicológicas na escola. No decorrer do longa descobrimos com o abuso ocorreu a Melinda através de flash Backs. A adolescente não consegue falar o terrível trauma que sofreu durante a festa onde ela foi estrupada por um garoto mais velho, nem para as amigas, nem para si mesma e muito menos para os pais.

Os sinais estão tão claros, mas ninguém consegue ler, ou perceber, o seu desempenho na escola cai drasticamente, mas seus pais apenas a cobram, sem ter a menor sensibilidade de parar e observar que algumas coisas mudou no comportamento da filha, o que acontece em muitos casos de abuso, onde os pais se neguem a observar os fatos que levam a mostrar o que acontece a seus filhos. Afinal Silenciar é mais comum do que se pode pensar em casos de estupros, os números poderiam ser bem maiores se todas as mulheres denunciassem, mas não é fácil admitir ter sofrido uma violência destas nem para si mesmo, nem para o mundo, ainda mais quando o violentador é alguém conhecido, e tão perto de você.

A primeira vez que assistir o “Silêncio de Melinda”, foi por que eu estava me tornando fã da Kristen Stewart, e sabia que ela tinha, mas potencial do que a Saga Crepúsculo mostrava, e eu estava certa, e então achei esta maravilha do cinema, mas pouco divulgadas, e quase poucas pessoas sabem sobre este longa.

O Silêncio de Melinda precisa ser visto, tanto por pais, professores e principalmente por meninas que tenha ou não vivido uma experiência parecida á de Melinda, este filme é um verdadeiro grito através da tela contra o silêncio que acua e que pode destruir toda uma vida, eu poderia fazer uma análise mais detalhada deste maravilhoso filme, mas para que isso acontecesse eu teria que colocar de uma forma explicita alguns spoilers e nunca fui fã disso, por isso digo que assista que aprecia a arte feita pela diretora Jessica Sharzer.


A cena final do filme, foi perfeita, mostra finalmente que a Melinda cria coragem para finalmente se abrir e dizer tudo o que aconteceu com ela, dando o exemplo claro que silenciar não vai mudar as coisas, a menos que você fale.

E um filme belo, melancólico e acima de tudo marcante, pois me marcou, e sei que quando você tiver a oportunidade de assistir também ocorrerá com você.

4 comentários:

  1. Não conhecia esse filme, mas fiquei muito interessada. Gosto muito de dramas psicológicos e concordo plenamente com você que crepúsculo não mostrou toda a capacidade de atriz da Kristen. Vou procurar assistir o filme :)

    Bjs,
    Samira
    http://frappuccinoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Procure sim, pois vale muito a pena e um filme realmente maravilhoso
      Beijos

      Excluir
  2. Eu particularmente amei este filme, Kristen Stewart na verdade não é minha atriz favorita, mas o filme e legal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assista pois vale muito a pena conferir
      Bjs

      Excluir