Emma Watson Feminista?

Emma Watson, HeforShe, Uma Garota Chamada Sam

Quando vi pela primeira vez Emma Watson ela era apenas uma menininha pequena em "Harry Potter", e nunca imaginei que um dia eu olharia para essa mesma menina diante de uma sala inteira falando sobre a igualdade entre homens e mulheres e como merecemos os mesmo direitos de salário que um homem por que não somos diferentes deles, e acredito nesta causa que Emma esta trabalhando para realizar, através da ONU.

E em seu discurso emocionada eu senti realmente que a escolha da ONU foi mais do que perfeita, foi a melhor de todas para ficar a frente dessa campanha chamada "HeForShe" que traz em sua campanha o objetivo de erradicar a desigualdade de gêneros.

E acredito que a Emma fará um ótimo papel com embaixadora da ONU nesta causa, por que em seu discurso ela saiu em defesa das feministas e eu sou uma, e me sinto tão orgulha de uma mulher como ela sendo a frente deste trabalho humanitária, ela chegou a falar que o termo tornou "impopular", com muitas mulheres com medo de "se identificar como feministas". E concordo plenamente por que isso acontece e muito.

Ela continuou dizendo que "Aparentemente, eu estou entre a classe de mulheres que suas expressões são vistas como muito fortes, 'muito agressivas, isoladoras e anti-homens', até mesmo desinteressante. Porque a palavra se tornou tão desconfortável?", afirmou a atriz. "Eu fui nomeada (embaixadora da ONU) há seis meses e quanto mais eu falo sobre feminismo, mais eu tenho me dado conta de que lutar pelos direitos das mulheres tem frequentemente se tornado sinônimo de ódio aos homens."

Emma também falou sobre a liberdade de todo cidadão em poder se "sentir livre para ser sensível". "Ambos, homens e mulheres, deveriam se sentir livres para serem fortes. Se parássemos de definir um ao outro pelo que nós não somos e começássemos a nos definir pelo que somos - nós poderemos todos ser mais livres e é sobre isso que é a HeForShe. É sobre liberdade"


"Feminismo é a crença de que homens e mulheres devem ter direitos e oportunidades iguais, sejam políticos, econômicos e sociais", destacou a atriz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário