Se Eu Ficar | O Que Achei

Se Eu Ficar me Surpreendeu completamente, Chlöe Moretz é realmente uma atriz maravilhosa.


Um ponto estranho e que "Se Eu Ficar"  estreio a poucas semanas atrás e na cidade onde moro, já não tem em nenhum cinema mais, e praticamente aqui tenho três opções de cinemas, e acabei indo ver na quarta opção por que nos outros ele já havia saído de cartaz. Até aí, não achei que seria um ponto negativo para o filme, até por que isso não diminui ou aumenta a popularidade do longa. Ainda sim fui ver com grandes expectativas e posso dizer... Não foi tudo aquilo que eu estava esperando.

Sinopse:  Mia Hall (Chlöe Grace Moretz) é uma prodigiosa musicista que vive a dúvida de ter que decidir entre a dedicação integral à carreira na famosa escola Julliard e aquele que tem tudo para ser o grande amor de sua vida, Adam (Jamie Blackley). Após sofrer um grave acidente de carro, a jovem perde a família e fica à beira da morte. Em coma, ela reflete sobre o passado e sobre o futuro que pode ter, caso sobreviva.


Mia foi parcialmente como eu imaginava, a Chlöe realmente tenta fazer algo bom ao seu personagem, mas falha cruelmente,acredito que o Adam interpretado pelo Jamie foi simplesmente perfeito, a sintonia dos dois e única e tão vibrante, mas que não consegue trazer qualquer vontade de continuar na sala de cinema, por que tudo foi tão monótono e sem fortes emoções que realmente pensei que seria melhor do que foi, a fotografia do filme e belíssima e consegue trazer ótimas imagens ao filme, mas a história acabou cedendo ao fracasso de alguns momentos deixar de ser tocante para se permitir abandonar-se no clichê.

Imaginei que seria algo melhor do que foi "A Culpa é das Estrelas" , já que o livro da Gayle Forman e realmente melhor do que o livro de John Green. Os únicos momentos perfeitos do longa e a relação dos país da Mia, Denny e Kat, que fazem dois ex-roqueiros que abriram mão da vida louca para criar os filhos e a relação deles com a Mia e o Teddy e realmente a melhor coisa do longa. Ainda sim a trilha sonora salva completamente quase tudo, a escolha das músicas foram perfeitas, já que ambos tanto Adam quando Mia, vivem e amam a música, então nada mas justo do que fazer um filme com uma ótima trilha sonora.



Se Eu Ficar poderia ter sido um bom filme, e podia ter superado o estigma de filmes com dramas adolescentes já que muitos realizados tem essa incapacidade de abandonar o clichê, que e o que este filme mergulhou completamente, ainda que a cronologia do filme tenha sido perfeita, exatamente como no livro e talvez isso tenha sido um pouco o que salvou o filme do fracasso completo, o surpreender sendo mais complexo do que esta questão sobrenatural mostrada no fato da Mia ir ou ficar. O final não foi tão surpreendente como foi dito, mas foi apenas, com um gosto de quero saber o que acontece, é foi ai que houve o acerto, o final.  Bom se pudesse classifica-lo eu diria bom, nada muito extraordinário mas foi apenas bom.


Nenhum comentário:

Postar um comentário