Still Alice | Crítica


Com o nome em português de Para Sempre Alice este filme foi adaptação do livro de Lisa Genova, que traz a Julianne Moore com a Dra. Alice Howland uma renomada professora de linguística que aos poucos começa a esqueças pequenas coisas e decide consultar um neurologista e ela é diagnosticada com Alzheimer.  Por ser uma doença rara e possivelmente hereditária, este fato coloca a prova a força de sua família.

Aos poucos o filme realmente mostra que é mais do que apenas um leve drama familiar, Julianne esta perfeita neste papel que provavelmente pode lhe render uma indicação ao Oscar de 2015. 

Nos primeiros momentos do filme nos encontramos em momentos monótonos e sem grandes acontecimentos, até há a descoberta da doença de Alice, mesmo que o filme o emocione às vezes se perde ao passar um filme totalmente envolto em Julianne Moore, não deixando claro se este longa tinha essa pretensão a de colocar e favorecer á atriz, ao deixa lá interpretar um dos melhores papeis de sua carreira, o que para mim ficou perfeito já que ela conseguiu tal feito e leva o filme por si. Ainda sim os outros atores poderiam ser mais visíveis no filme.

Mesmo que o nome do longa se chame Still Alice o que indica que o filme gira em torne desta personagem senti que certas questões poderiam ser melhor explorada.

Mesmo que Kristen Stewart se destaque um pouco no filme com a filha de Alice, Lydia que antes da doença não tinha uma relação tão próxima com a mãe e no decorrer do filme elas se reaproximam devido a este fato, ainda sim me pareceu meio que convivente colocar Stewart neste personagem, já que a atriz tem essa postura de menina rebelde e desajeitada, porém com sempre ela consegue convencer qualquer pessoa que se disponha a colocar o personagem da Bella de Crepúsculo de lado e observar o talento nato de Kristen se destacar. Neste filme ela consegue transpassar um ar mais maduro artisticamente, que surpreende quem sempre pensou que ela não era boa atriz.

Os restantes dos atores com eu citei poderiam ter sido mais explorados, ainda que as atuações deles sejam consistentes e boas no filme, ainda sim poucos conseguem se destacar, mesmo que o diretor tenha mostrado levemente como cada membro da família escolheu enfrentar a situação de Alice. 


Para Sempre Alice realmente me surpreendeu, não é um filme necessariamente grande, mas ele merece e deve ser assistido, pois ele consegue emocionar (Eu chorei em grande parte do filme), e tem um elenco que realmente vale a pena querer assistir porque você não encontra atuações pequenas, mas grandes, com a de Julianne Moore que esta com certeza em sua melhor atuação.

4 comentários:

  1. Oi, tô louca pra ver esse filme, mas doida mesmo. Julianne tem uma atuação maravilhosa né?! Gostei muito do texto, mas confesso não ler até o final com medo de ter spoilers hahaha

    Parabens pelo blog, gostei bastante

    aestranhanoparaiso.blogspot.com.br
    Instagram: aline_bianca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada fico feliz que tenha gostado.
      O filme é muito bom mesmo mega recomendo!!

      Beijos

      Excluir
  2. Ainda não assisti, mas se for tão emocionante como parece deve ser muito bom, já esta na minha lista. Boa dica bjuxx
    Casa Cherry

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E realmente muito emocionante e vale muito a pena conferir.
      Bjs

      Excluir