[Resenha] Willow - Julia Hoban

 Willow é um livro que li a exatamente 5 anos atrás, e até hoje nunca saiu da minha mente.



Willow e aquele tipo de livro que todos precisam ler, confesso que na época em que li pela primeira vez, pensei em desistir desta leitura, logo nas primeiras páginas, naquela época este livro ainda não tinha editora aqui no Brasil, e li em um grupo que disponibilizava livros em PDF na internet, hoje este livro é publicado pela editora Leya aqui no Brasil.

Sinopse:  Sete meses atrás, em uma noite chuvosa de março, os pais de Willow acabaram bebendo muito durante o jantar e pediram a ela que guiasse o carro até em casa. Por uma fatalidade, Willow perdeu o controle do veículo e seus pais morreram no acidente. Consumida pela culpa, Willow deixa para trás sua casa, amigos e escola e, enquanto tenta retomar a relação de afeto e companheirismo com o irmão mais velho, secretamente bloqueia a dor da perda cortando a si mesma. Mas quando Willow encontra Guy, um rapaz tão sensível e complexo quanto ela, mudanças intensas começam a acontecer, virando seu mundo de cabeça para baixo. Contado de modo cativante e doce, Willow é um romance inesquecível sobre a luta de uma jovem para lidar com a tragédia familiar e com o medo de se deixar viver uma linda história de amor e cumplicidade.

Resenha: Depois que segui com a leitura, comecei a gostar da Willow de me simpatizar pela forma como ela foi construída pela autora Julia Hoban, que consegue trazer de uma forma sutil, mas verdadeira os problemas que vem afetando muitos adolescentes nos últimos tempos, como a automutilação. E um tema assim, e algo delicado, que exige um escrita cuidadosa e que Julia soube trazer neste livro muito bem.  Ela mostra através da Willow como uma vítima desse mal pensa, o que sente ao praticar tal ato contra si mesma. 

Este livro abortou um tema que até então eu ainda não havia lido, e achei super interessante mergulhar no mundo desta personagem, dos seus medos, e me vi em muitos momentos chorando ao ler algumas páginas deste livro.  Porem nem tudo é sofrimento, também temos outro personagem que é o Guy (Pausa para Suspiros) que aparece ainda nos primeiros capítulos e consequentemente eles começam a gostar um do outro, mas Guy acaba descobrindo o segredo dela, então ele tenta ajudá-la de todas as formas, para que ela pare de se auto - mutilar. Mas será que Guy conseguirá salvá-la dela mesma?


Willow é uma leitura super rápida, mesmo contendo 352 páginas, quando você vê já esta finalizando a leitura de tão boa que ela é de como ela consegue fluir bem, já que a escrita desta autora é excelente. E apesar deste tema bastante pesado, o livro tem momentos engraçados entre Willow e Guy, assim como momentos fofos entre os dois, por isso recomendo que leia este livro.  E acredito que vai amar a leitura. 



2 comentários:

  1. Esse é um assunto bem forte, deve ser um livro que deixa a gente com o coração na mão. Fiquei bastante interessada na história, não conhecia.
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E Sim uma história muito interessante e que vale muito a pena conferir
      Beijos

      Excluir