A Série Divergente: Convergente | Crítica

A série convergente chegou ao cinemas no dia 10 de Março, e depois de conferir... Eu esperava mais.



A Série Divergente Convergente chegou ao cinemas e eu fiquei bastante empolgada por este filme, mas como vocês sabem, esta produção demorou a me conquistar, pois não gostei do primeiro filme e somente o segundo conseguiu me prender.  Então esperei o mesmo de Convergente, e confesso que esperava mais.

Mesmo com a ótima atuação da atriz Shailene Woodley que tenta de todas as formas dar um ótimo empenho em um filme pouco trabalhado, já que o roteiro falhou muito sendo pouco desenvolvido, mas que infelizmente para mim, nunca chegou a ser, um bom filme, com um excelente roteiro. Afinal em um momento no cinema, onde tivemos Jogos Vorazes, e agora Maze Runner e por fim A 5ª Onda. Convergente não consegue se fazer único e acaba pouco acrescentando, mostrando assim, ser uma franquia fraca.

Como eu disse mesmo com a ótima atuação da Shailene o restante do elenco continua fraco e sem boas atuações, principalmente por parte do ator Theo James que para mim e um personagem pouco desenvolvido por ele, e acaba para mim não fazendo muita diferença no filme.

Como eu disse eu esperava mais de Convergente, pois o trailer me fez desejar a assistir, e pensar, que desta vez, eu estaria finalmente vendo uma ótima franquia, que apesar de não ter me prendido no começo, poderia me prender ao final, porém novamente isso não aconteceu, nem os efeitos me chamou a atenção, oferecendo assim, ao telespectador algo que parece, já ter sido visto antes. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário