Fragmentado - Crítica

Vamos falar de cinema? Hoje venho falar sobre a produção Slipt (Fragmentado) do diretor M. Night Shyamalan (Sexto Sentido – 1999 / Corpo Fechado – 2000) Que retorna ao seu estilo clássico nesta produção protagonizado por James Mcavoy.

 Sinopse: Kevin (James McAvoy) possui 23 personalidades distintas e consegue alterná-las quimicamente em seu organismo apenas com a força do pensamento. Um dia, ele sequestra três adolescentes que encontra em um estacionamento. Vivendo em cativeiro, elas passam a conhecer as diferentes facetas de Kevin e precisam encontrar algum meio de escapar.

Quem nunca ouviu a clássica fala “Eu vejo gente morta, com que frequência? Todo Tempo”, então não sabe o que é um clássico, afinal “O Sexto Sentido” deu luz a carreira do diretor M. Night Shyamalan que depois desse filme, que concorreu ao Oscar, ficou conhecido e seus próximos filmes também seriam bem recebidos pela crítica como Corpo fechado, A Vila, Sinais. Porém de uns tempos para cá, Shyamalan parecia ter declinado em suas direções no cinema (Pior diretor A Dama na Água (2007) – Vencedor / Pior filme Fim dos Tempos (2009) – Indicado), até que recebemos a maravilha de volta em Fragmentado.  

Fragmentado nós traz além de uma excelente produção e direção, uma atuação por parte  do ator James McAvoy que merece todo mérito pela maravilha deste filme, pois ele consegue nós mostrar cada personagem de uma forma diferente, mesmo sendo a mesma cena, com trejeitos e aspectos diferentes de cada personalidade que vive dentro daquele corpo.

Com um roteiro bem trabalhado, juntamente com as excelentes atuações, dão a essa produção um incrível olhar não somente para o trabalho de Shyamalan, mas também para a história e o desenrolar dela. Porém mesmo com tudo isto ainda tem algumas falhas quando a essa produção, como aconteceu em O Sexto Sentido. Filme que é vendido como sendo terror, o que na verdade não é. Ele é um suspense? Sim, que consegue instigar e prender o telespectador.


Minhas considerações finais quando a Fragmentado:

Assistam até o final que com certeza um dos pontos chaves que surpreende,, além e claro de toda a história e do suspense envolvendo os vários personagens que vivem dentro do Kevin (James) que tem 23 personalidades diferentes, e que em um determinado momento algo interessante e que com certeza causa uma confusão em qualquer pessoa que assista e que existe um gatilho que devolve a lucidez a Kevin, mas que apesar disso, certa pessoa num determinado momento de perigo, não se utiliza deste recurso. E porque será? Bom nós nunca saberemos. Mas o que pensamos ser apenas um dos pontos, nós remete ao final que trás uma surpresa, em um dos últimos minutos do filme, temos um personagem que aparece, trazendo um ator que é famoso e que já protagonizou outro filme de Shyamalan... Somente aditando isto, pois não vou dar SPOILER. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário