Poesia de Quinta


Eu queria acordar e perceber que a vida ainda é como nós tempos de criança
Mas então nada e como antes, e a vida não volta atrás.

E o silêncio e o pior recado dado.

Nada será como antes, a vida e um relógio que não volta atrás, 
e você tem seguido a sua vida, e pensar que fazia parte dela, 
mas então você se cala, mostrando que na sua vida, 
eu nunca tive a chave para entrar.

E o silêncio tem sido a minha resposta.

Eu desejaria voltar no tempo, fazer com que você não me beijasse, 
e então eu deixaria você livre, e a vida seguiria seu curso. 
Mas você tinha que entrar deixar uma marca, 
e agora está partindo sem olhar para trás.


O silêncio e tudo o que restou para mim. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário