Louca por Série: Atypical da Netflix

Atypical é uma série original da Netflix, e a louca por série traz essa sensível série sobre um garoto que possui autismo e a rotina de sua família que precisa lidar com as diferenças e o surgimento de conflitos familiares.  

Atypical, Netflix, Uma garota chamada sam

Sinopse: Sam (Keir Gilchrist) é um jovem autista de 18 anos que está em busca de sua própria independência. Nesta jornada, repleta de desafios, mas que rende algumas risadas, ele e sua família aprendem a lidar com as dificuldades da vida e descobrem que o significado de "ser uma pessoa normal" não é tão óbvio assim.

Atypical foi uma indicação da Carol Moreira (confira o canal dela aqui) em uma resenha da série para o seu canal, achei interessante à proposta trazida pela Netflix quando a abordar um tema tão delicado quando o autismo e as dificuldades que as pessoas que possuem a Síndrome de Asperger, dentro do espectro do autismo.

Atypical, Netflix, Uma garota chamada sam

A História da série foi algo que me chamou a atenção justamente por ser um tema diferente, e delicado, onde poucas obras, tanto cinematográficas quando para a televisão abordam a vida de pessoas com o autismo, e muito menos a vida social e familiar, abordando as dificuldades do convivo na escola, onde pode ser uma das fases piores e difíceis para qualquer pessoa. E a série soube abordar tudo com muita delicadeza e simplicidade.  

A Netflix tem investido cada vez mais em seriados originais e em produções com um conteúdo incrivelmente sensível e inteligente. Atypical e uma dessas boas produções na grade da Netflix, justamente por ser inteligente, sensível, e com excelentes atuações. Além de ser muito leve, com momentos muito cômicos e engraçados, mas em outros momentos me fizeram chorar.  

Atypical, Netflix, Uma garota chamada sam

O único ponto “negativo” para mim na série seja as ações da mãe do Sam, ao qual não consegui me conectar e compreender as decisões e ações tomadas por ela, sem contar as questões de ficar o tempo inteiro dizendo você lembra-se disso, ou daquele momento, ou então daquilo que aconteceu? E a pessoa narra exatamente o que aconteceu naquele momento, sendo que ambos estavam juntos quando aconteceu. Então qual a necessidade de narrar isto?  Mas fora isto, a série e realmente muito boa, vale muito a pena assistir e se apaixonar por Atypical.

Atypical, Netflix, Uma garota chamada sam

Que já tem uma segunda temporada confirmada, já que a primeira conta apenas com oito episódios e termina com um ponto de interrogação do que vai acontecer. Ansiosa pela segunda temporada. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário