Fala Sério Mãe - Filme | Crítica

Fala Sério Mãe e uma produção adaptado do livro homônimo da Thalita Rebouças que chegou aos cinemas com Ingrid Guimarães e Larissa Manoela nos papéis principais.

Sinopse: Ângela Cristina (Ingrid Guimarães), mãe da adolescente Maria de Lourdes (Larissa Manoela), está tendo a experiência de guiar sua filha durante uma das fases mais complicadas da vida. 

Ela vive uma montanha-russa de emoções, com medos, frustrações e um caminhão de queixas para descarregar. Por outro lado, Malu, como prefere ser chamada, também tem suas insatisfações. Teimosa, sofre com os cuidados excessivos e com o jeito conservador da mãe.

Fala Sério Mãe bem que tenta convencer e trazer alguma graça por parte de Ingrid que vive uma mãe super protetora que vive pagando os piores micos, pesando ao exagero com situações que normalmente não veríamos uma mãe fazer, mesmo. O filme não consegue convencer o telespectador de que aquelas situações poderiam ocorrer em uma relação de mãe e filha (me lembrando que o livro, e algo que eu indicaria, muito mais do que essa produção).


Além é claro dos personagens secundários não convencerem em seus respectivos papéis, como o João Guilherme (Nando) fazendo um garoto de 19 anos, tendo cara de um menino de 13. E Larissa Manoela, apesar do carisma em cena e da química evidente com Ingrid Guimarães, ao qual você consegue visualizar ambas como mãe e filha, ainda sim, em alguns momentos parece forçado demais por parte da Larissa algumas situações. E principalmente porque tais momentos são muito sem graça.


Fala Sério Mãe consegue cumprir o seu papel de entreter famílias e crianças, embora em alguns momentos no cinema falava-se sobre primeira vez, e coisas do tipo, e de haver crianças de 10, 8 anos no cinema e que não devem compreender tais questões, o filme consegue agradar a quase todos.... Eu particularmente não assistiria novamente, mas para quem é fã dos livros da Thalita, ainda indico que leiam o livro. Eu ficarei com certeza com a obra escrita da Thalita Rebouças. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário