Shampoo & Condicionador Skala Manteiga de Karité | Resenha

A Skala é uma marca acessível de produtos para cabelo e a resenha de hoje e do Shampoo e Condicionador Manteiga de Karité.



Sobre a marca: A marca surgiu no mercado de cosméticos há mais de 28 anos. Veio para mudar a vida de milhares de mulheres brasileiras, trazendo uma nova forma de cuidar dos cabelos. Ela inventou o Creme de 1000g e o “Banho de Creme”! Desde então isso se tornou um hábito na vida das brasileiras e se espalhou pelo mundo.


·         Shampoo Manteiga de Karité: O Shampoo Skala Manteiga de Karité, enriquecido com vitamina E e D’Panthenol, trata os cabelos ressecados e quebradiços através de sua propriedade emoliente, restaurando e devolvendo a hidratação, a maciez e a beleza aos fios.

Ideal para cabelos: Ressecados e Quebradiços | Contém: 350ml

·         Condicionador Manteiga de Karité: O Condicionador Skala Manteiga de Karité, enriquecido com vitamina E e D’Panthenol, trata os cabelos ressecados e quebradiços através de sua propriedade emoliente, restaurando e devolvendo a hidratação, a maciez e a beleza aos fios.

Ideal para cabelos: Ressecados e Quebradiços | Contém: 350ml


O shampoo não resseca em nada, ele é bem hidratante e na tonalidade amarela como vocês conferem na imagem, então ele não é transparente, nem perolado ele e do tom bem amarelado e deixa os meus fios bem emolientes durante o banho. Já o condicionador é muito hidratante, eu sinto quando passado ele que meus fios ficam bem condicionados que e, o que eu gosto em um condicionador.

E para conferir na integra mais conteúdo sobre essa dupla, não deixem de assistir ao vídeo abaixo e conferir a resenha completa dele em vídeo. (Deixem o gostei, se inscreva no canal e compartilhe com as amigas (os) também)!

O shampoo não é liberado para No/Low Poo pois ele contém Sulfato (Sodium Laureth Sulfate) é Cocamidopropyl Betaine que é um Sulfato fraco que esse sim é liberado para Low Poo, porém por conter o Sulfato que é um dos componentes proibidos nas técnicas de No/Low Poo ele não é liberado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário