Life Sentence | Primeiras impressões

Life Sentence é uma série que marca o retorno da atriz Lucy Hale a series americanos, porém não supriu as minhas expectativas...


Sinopse: Quando uma jovem mulher descobre que o câncer terminal do qual ela achava que sofria era apenas um alarme falso, ela precisa viver com as consequências das decisões que tomou enquanto achava que estava morrendo.

Criado por: Erin Cardillo, Richard Keith (II) (2018)
Atores: Lucy Hale, Elliot Knight, Dylan Walsh mais
Gênero: Comédia, Drama
Status: Em andamento
Duração: 42 minutos

Life Sentence marca o retorno de Lucy Hale as séries, após o fim de The Pretty Little Liars, sendo na verdade a primeira do grupo a retornar as séries americanas. Porém numa série em que cuja premissa é interessante, mas onde os personagens não consegue te cativar a continuar assistindo a trama.


Embora tenhamos Lucy Hale no papel principal (ela era a minha Pretty Liars favorita), a série não tem carisma, e a história embora seja interessante por contar a história de uma garota que após anos lutando contra o câncer acredita que está prestes a morrer e então, tudo muda e ela descobre que está curada e devido a isso, terá que aprender a lidar com sua vida e familiares após descobrir sua cura.  Até este ponto, a série tem uma história com uma ótima base, afinal deve ser difícil para os pais e familiares de pessoas com câncer. Pois você se anula e vive a vida para que seu filho (a) vivam e consiga vencer essa doença.

E no episódio piloto conseguimos captar bem esse ponto, afinal os pais se anularam e deixaram de buscar seus objetivos para que sua filha tivesse a melhor base familiar para conseguir superar o câncer, porém, tanto a mãe quando o pai não tem entrosamento, ou carisma em cena, assim como a irmã que abandona seus sonhos para estar mais presente na vida da irmã. Sem contar o romance que não convence, os personagens não têm química, não consigo sentir o sentimento, não era como a Aria e o Ezra (exemplo), que você sentia no olhar e nos gestos em cena a química evidente dos dois atores dentro dos personagens.


Life Sentence e uma série que não vejo futuro, tendo dito a maior baixa audiência em uma estreia da TV americana, não acredito que eles devam dar continuidade a menos que a série nos seus próximos episódios (até o momento foram lançados 4) se desenvolva melhor e consiga captar o telespectador.


com isso, uma segunda temporada parece algo improvável de acontecer com Life Sentence, já que além da baixa audiência, a série por mais que tenham um alivio-cômico, não prende e acaba sendo chato terminar de assistir até o primeiro episódio, imagina então, assistir a uma temporada inteira... Já sinto sono!

Nenhum comentário:

Postar um comentário