Louca por Séries: Scandal


Scandal é uma série da produtora Shonda Rimes (Grey’s Anatomy) que vai mostrar uma ex-membro da casa branca Olivia Pope que é uma advogada brilhante, e nesta primeira temporada será focada na vida dela e dos membros de sua equipe.

Scandal, louca por séries, uma garota chamada sam

Sinopse: A primeira temporada introduziu Olivia Pope e os vários membros de sua empresa. Além disso, apresentou o presidente dos Estados Unidos, Fitzgerald Grant III (Tony Goldwyn) e seu chefe de gabinete Cyrus Beene (Jeff Perry). A primeira temporada focou nas vidas dos membros da equipe, o relacionamento entre Olivia e o presidente (seu antigo empregador) e o mistério em torno do envolvimento de Amanda Tanner (Liza Weil) com a Casa Branca.

A primeira temporada de Scandal possui 7 episódios, sendo uma série como uma dinâmica rápida, onde cujos episódios você nem consegue arrumar tempo para respirar e confesso que foi exatamente essa a grande diferença entre Scandal e How To Get Away With Murder, também da produtora Shonda Rhimes, ou seja, mais uma criação maravilhosa dessa mulher que cria personagens fortes e mulheres destemidas. Porém esse ritmo frenético da série me incomodou um pouco, pois você não consegue se aprofundar nos personagens e em suas personalidades.

Scandal, louca por séries, uma garota chamada sam

Scandal me lembrou bastante How To Get Away, em diversos aspectos, pois temos duas mulheres fortes, advogadas brilhantes, destemidas, mas que possuem suas fraquezas. Mas confesso, amo mais How To Get Away With Murder. Por mais que Scandal, tenha um excelente elenco com ótimas atuações, a história desta primeira temporada foi corrida demais, com histórias dos personagens secundários pouco explorada, e onde cujas histórias são deixadas de lado para mostrar um romance proibido entre a Olivia e o Presidente, e isto, me incomodou além do ritmo frenético dos episódios.

Scandal, louca por séries, uma garota chamada sam

E este ponto é péssimo para uma primeira temporada, pois ela e a carta de apresentação, e onde você vai amar ou odiar, embora diferentemente de séries como Life Sentences. Scandal soube me ganhar e me fazer continuar assistindo a segunda temporada, justamente por ter e demonstrar que possui um grande potencial. Ainda que, você nesta primeira parte da série não consiga identificar, mas o fato de não entregar quem são cada personagem realmente, você se sente impelido a continuar e a descobrir cada um deles e suas histórias. Embora inicialmente devido a esse ritmo da série, eu não tenha conseguido sentir empatia por nenhum personagem, nem mesmo pela protagonista Olivia Pope.

Nenhum comentário:

Postar um comentário