Vingança (Revenge – 2018) Filme | Crítica


‘Vingança’ é uma produção da cineasta francesa Coralie Fargeat é protagonizado pela atriz e modelo italiana Matilda Lutz.


vingança, revenge 2018, uma garota chamada samVingança (Revenge) é um filme angustiante, com cenas bem sangrentas, mas que passa longe da produção americana ‘Doce Vingança’, filme ao qual Vingança foi comparado, justamente por ter duas mulheres que ao passarem por uma situação de violência sobrevivem e partem em busca de vingança.

No filme, Jen (Matilda Lutz) está aproveitando uma viagem romântica com seu namorado rico, que é abruptamente interrompido quando os amigos deles chegam sem ser anunciados. A tensão se acumula pela casa até que a situação perigosamente se intensifica, resultando em um ato chocado que deixa Jen para morrer. Infelizmente, para os seus agressores, Jen sobrevive e se ergue com um incansável e descontrolado desejo de vingança."

Embora tenhamos cenas angustiantes e sem cortes, Vingança não chega ao que vimos nas duas produções de Doce Vingança’, por mais que, houvesse um motivo para que tenha uma vingança, a atriz nesta produção sofre menos tortura física do que a que vimos no filme citado. Em Vingança (Revenge) temos excelentes cenas de confronto, as mortes foram muito bem elaboradas... Porém, você (não é spoiler) cai de um penhasco, tem a sua barriga perfurada... É sobrevive, você no mínimo teria que ser um mutante.

O que acaba tirando toda a veracidade do filme e o torna sem realismo devido ao fato de que no próprio trailer (ele entrega o filme inteiro) demonstra que você teria que no mínimo ser sobre-humano para sobreviver a algo assim, nem em Doce Vingança’ a garota tem a barriga perfurada por uma madeira fina e nem leva alguns tiros, e quase impossível demais para acreditar em algo assim.

vingança, revenge 2018, uma garota chamada sam

Está produção embora tenha uma fotografia bonita, atuações maravilhosas, a atriz e modelo Matilda Lutz está arrasadora neste filme, ainda assim, não me surpreendeu nem me deixou tão nervosa como “Doce Vingança’”. Em Vingança (Revenge) temos uma representatividade feminina e a força que podemos ter, não só demonstrada e interpretada pela atriz, mas pelo roteiro também, que tem em sua direção e roteirização uma mulher, o filme não conseguiu me convencer nem me deixar empolgada ao ponto de dar mais do que a classificação final dele, ou seja, mediano.  


Devido aos reflexos da greve e as dificuldades nos transportes, o lançamento de "VINGANÇA" será adiado para dia 07 DE JUNHO DE 2018 nos Cinemas.

CLASSIFICAÇÃO DO FILME

Nenhum comentário:

Postar um comentário