A Outra História do Mundo de Guillermo Casanova | Crítica

A Outra História do Mundo de Guillermo Casanova com César Troncoso e grande elenco. O longa chegará aos cinemas no 2 de agosto.

A Outra História do Mundo, Guillermo Casanova, Uma Garota Chamada Sam
Sinopse: Uma pequena cidade vive os duros reflexos da ditadura quando dois amigos, Milo e Esnal, resolvem zombar do irritado coronel local sequestrando seu bem mais precioso: a coleção de anões de jardim. A aventura dá errado e as consequências são cruéis para a dupla: Milo desaparece sem deixar rastros, enquanto Esnal sofre isolado. Porém a história pode tomar outra direção depois que as filhas de Milo, desesperadas por notícias do pai, saem em busca de seu antigo amigo suplicando ajuda.

Elenco:

César Troncoso - Gregorio Esnal
Roberto Suarez - Milo Striga
Natalia Mikeliunas - Beatriz Striga
Alfonsina Carrolcio - Anita Striga
Nestor Guzzini - Coronel Valerio

A Outra História do Mundo é uma produção interessante que conta a história de uma família que após ter seu pai levado pelos militares, tenta descobrir o que ocorreu e assim, começa o verdadeiro desenrolar de toda a trama. O filme conta com excelentes atuações, além da ótima direção de Guillermo Casanova. Embora os acontecimentos da produção demorem a acontecer, o filme retrata o cotidiano de uma pequena cidade e seus habitantes, focado principalmente no personagem de Troncoso que inicia suas aulas, afim de contar e resgatar da prisão seu melhor amigo e unir os habitantes da cidade em prol de uma única causa... Ou seja, sua liberdade que é oprimida devido ao regime vivido no país.

A Outra História do Mundo, Guillermo Casanova, Uma Garota Chamada Sam

O roteiro de A Outra História do Mundo é ótimo, a fotografia e os cenários retratam bem toda a trama, os personagens contém suas particularidades que tornam o filme muito bom, mas o que pra mim deixou a desejar, foi a demora nos acontecimentos, enrolando demais para desenvolver os atos seguintes. 

Um outro grande ponto positivo desta produção e a trilha sonora que contém referências brasileiras, embora está seja uma produção do Uruguai, temos referencias do Brasil neste filme. Além é claro, como futura historiadora da crítica ao regime vivido no país, já que o Uruguai, passou por uma ditatura militar (1973–1985). Que até hoje é objeto de controvérsias devido as violações dos direitos humanos sofrido durante esse período no país, como o uso de tortura e os desaparecimentos inexplicáveis de muitos uruguaios.

A Outra História do Mundo, Guillermo Casanova, Uma Garota Chamada Sam

O que torna A Outra História do Mundo uma história sobre resistência, coragem contra os tempos opressores em que o país viveu, mesmo utilizando do humor para aliviar o tema, ainda assim, é clara a crítica do diretor ao cenário vivido durante o processo de ditatura no Uruguai. O filme é baseado no romance “Alivio de Luto” do escritor uruguaio Mario Delgado Aparaín, o longa é produzido por Três mundos Produções, Lavarorágine Films e Largato Cine/Welt Film. Fênix Filmes assina a distribuição.  A estreia do longa será dia 2 de agosto de 2018.  Então marque em sua agenda e procure nos cinemas mas próximo de você a exibição do filme.


Ficha Técnica:
Direção: Guillermo Casanova
Roteiro: Guillermo Casanova, Inés Bortagaray
Diretor de Fotografia: Gustavo Hadba, ABC
Direção de Arte: Eduardo Lamas
Cenografia e Efeitos: Alexandre Favero
Mixagem de som: Daniel Yafalian
Montagem: Guillermo Casanova, Pablo Riera
Efeitos Especiais e Pós-produção: Santiago Svirsky, Bruno Fauceglia
Trilha Sonora Original: Hugo Fattoruso, Daniel Yafalian
Produzida por: Natacha López, Isabel Martinez, Hugo Castro Fao, Kristina Conrad
Produção: Três Mundos Produções /Lavarorágine Films /Lagarto Cine/Welt Film

Nenhum comentário:

Postar um comentário