Nenhuma Promessa? | Poesia de Quinta


Você deveria gostar de mim pelo que eu sou.
Nenhuma promessa virá? Olha para nós agora...

O celular ilumina o escuro do quarto,
Mas nenhuma mensagem sua.
Você sabe como me encontrar

Você gosta de mim pelo que eu sou?
Noite longa e suas mãos no meu cabelo
Mas é só nesses momentos que você precisa

Quem eu sou não é o suficiente para você?
Eu não sou quem você deseja? olha para você agora.

Ás vezes quando olho em seus olhos
Eu desejo que você fosse meu a todo momento

Mas nenhuma promessa virá?
Olha para nós dois agora...


Nenhum comentário:

Postar um comentário